BOLÍVIA - Turismo de brasileiros é proibido após protesto contra novo código penal
Acreaovivo.com
Tempestades
22°MIN 29°MAX
Rio Branco, AC

Quinta-Feira, 11 de Janeiro de 2018 às 10:00 - Atualizado em Quinta-Feira, 11 de Janeiro de 18 às 10:44

COMUNICAR ERRO

BOLÍVIA - Turismo de brasileiros é proibido após protesto contra novo código penal

O turismo de brasileiros foi proibido temporariamente na cidade boliviana de Guayaramerín, na fronteira com o estado de Rondônia. A proibição ocorreu depois que moradores da Bolívia fizeram um protesto político, na terça-feira (09), contra a reforma feita no código penal do país vizinho.

Nessa quarta-feira (10), a travessia de turistas brasileiros e bolivianos foi temporariamente proibida nos Portos Oficiais de Guajará-Mirim, pelo Rio Mamoré, a cerca de 330 quilômetros da capital Porto Velho.

Com a suspensão das viagens, somente os brasileiros que estavam no território boliviano receberam autorização para voltar ao Brasil. Além dos turistas, outro público que foi afetado diretamente foi os trabalhadores e estudantes de medicina, que não tiveram como atravessar o Rio Mamoré.

O agente consular da Bolívia, Rolando Lujan, falou sobre a situação no país vizinho. Segundo ele, o consulado não apoia o protesto porque entende se tratar de um movimento político contra o governo do presidente Evo Morales.

“Este protesto é uma jogada política de um grupo de profissionais que se sentiram atingidos e não apoiamos esta forma de pensar”, declarou Rolando sobre o protesto contra o código penal aprovado.

Impacto no turismo e comércio local

Na manhã desta quarta-feira, centenas de turistas brasileiros que pretendiam cruzar para o lado boliviano foram pegos de surpresa com o comunicado de que não poderiam fazer a viagem até que a paralisação seja suspensa oficialmente.

Os turistas bolivianos que queriam vir para o Brasil também foram impedidos de cruzar a fronteira.

 

Tag's: Bolívia, Fronteira, Manifestos, Transporte, Governo, Política, Código Penal, Turismo

Fonte: Rondoniaovivo


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Brasil 17/01/2018 16:00

Bolsa Família 'escraviza as pessoas', diz Rodrigo Maia

FEIJO 17/01/2018 15:53

Polícia prende homem que matou esposa em Feijó

CRUZEIRO DO SUL 17/01/2018 15:49

Pais de menores que mataram homem com golpes de terçado entregam filhos na delegacia

CAPIXABA 17/01/2018 15:26

Justiça determina que Município de Capixaba providencie transporte a adolescente para tratamento de saúde

Ciência e Saúde 17/01/2018 15:09

Anvisa determina apreensão de lote falsificado de Botox

XAPURI 17/01/2018 15:07

PRF faz apreensão de droga e traficante na BR 317 rumo a capital do Acre

CRUZEIRO DO SUL 17/01/2018 15:05

Comerciante tem moto furtada enquanto fazia entrega de mercadorias

Polícia 17/01/2018 11:39

Corpo com marcas de tortura é encontrado às margens de igarapé

Internacional 17/01/2018 11:37

Primeiro asteroide do ano se aproximará da Terra amanhã

SENA MADUREIRA 17/01/2018 11:24

Índios são presos em Sena Madureira com armas de fogo produzidas artesanalmente

Polícia 17/01/2018 11:17

Operação ‘Redentor’ cumpre 27 mandados na Cidade do Povo

Capital 17/01/2018 10:41

MPAC realiza I Seminário sobre Intolerância Religiosa nessa quinta-feira

Capital 17/01/2018 10:37

Maioria dos empresários locais ficou satisfeita com as vendas de Natal

Brasil 17/01/2018 10:35

Rio tem longas filas para vacinação contra febre amarela

Justiça 17/01/2018 08:55

Justiça mantém condenação de dupla por tráfico de drogas e posse ilegal de artefato explosivo

Política 17/01/2018 08:51

Justiça nega recurso contra liminar que suspende privatização da Eletrobras

CAPIXABA 17/01/2018 08:49

Investimentos do Estado fortalecem agricultura familiar em Capixaba

Educação 17/01/2018 08:45

Resultado do Enem 2017 deve ser divulgado amanhã, diz Inep

Acre 17/01/2018 08:44

Governo do Acre segue com monitoramento do Rio Madeira

Capital 17/01/2018 08:16

Sine disponibiliza 23 vagas para Rio Branco nesta quarta-feira, 17